Marketing Conversacional: O que é, como aplicar e qual a importância

O marketing conversacional é um conceito focado no contexto de conversas, é a maneira de criar diálogos eficientes com seus clientes .

Para ser mais assertivo e tornar o processo de vendas da sua empresa um sucesso, transformar leads em clientes qualificados é um dos objetivos no marketing conversacional.

Sabemos que os consumidores 4.0 estão super conectados e as respostas rápidas é o diferencial em um mercado cada vez mais competitivo.

Esses consumidores buscam resultados imediatos, e o grande desafio é equilibrar esse novo modelo de consumidor.

Você se sente preparado em dominar o assunto através de diálogos rápidos com o cliente?

É importante saber que o conhecimento de causa é primordial nesse formato.

Isso deve acontecer através da comunicação, em alguns casos através da automação de marketing.

Eu tenho visto ultimamente empresas que usam o site para atrair os consumidores, porém quando isso acontece o que se encontra é apenas um formulário de captura de email.

Nós também usamos formulários, no entanto já mudamos o conceito da agência.

O uso apenas de formulário de contato deixa o processo lento.

Mesmo sendo uma maneira que funciona no marketing digital, isso não não funciona muito bem no marketing 4.0. 

A transformação digital demonstrou que as redes sociais e suas integrações mudaram o formato de se comunicar com os clientes.

É necessário acompanhar o avanço tecnológico, um tema discutido diariamente na internet.

Tendências do Marketing Conversacional

Como falei anteriormente, as respostas rápidas além de ser tendência, ajudam acelerar o processo de fechamento de vendas.

Conhecer o perfil do cliente e quais as soluções a oferecer, é uma maneira adequada  para alcançar o estágio final de um negócio.

Para dar uma resposta rápida, uma estratégia de sucesso é os Chatbots, que através da inteligência artificial são aliados no primeiro atendimento ao cliente.

Empresas como Magazine Luiza já usam através de chats de atendimento e estratégias de como abordar o cliente rápido.

Vale ressaltar também a qualidade do conteúdo, que além de ser uma tendência é usada na humanização de robôs. 

Com isso, a inteligência artificial auxilia o marketing conversacional no atendimento rápido e imediato. 

Como por exemplo oferecer de imediato ao cliente o status do pedido ou a 2º via de boleto.

Algumas empresas também oferecem a troca de produto ou o cancelamento da compra para seus usuários através de atendimentos rápidos.

Lembrando que as interações devem ser personalizadas, cada nicho deve conter as informações específicas e devem ser claras.

Marketing conversacional nas redes sociais

As redes sociais também é um canal de vendas, o que muita gente se esquece que as redes sociais em primeiro lugar foram criadas para o relacionamento.

Alguns vendedores questionam; Por que não consigo vender nas redes sociais?

Existe um fundamento básico no marketing conversacional que é criar um ambiente favorável para geração de leads.

As redes sociais são ambientes em que as pessoas estão para se relacionar e não para comprar.

Portanto, fazer bom uso das redes sociais através de conversas saudáveis que venham gerar futuros negócios, podem garantir o sucesso de um vendedor.

Marketing conversacional em funil de marketing  

Quando falamos em funil de marketing alguns pensam em formulários de captura de e-mails.

Eu sei que a captura de emails é uma das estratégias que funciona em Inbound marketing.

Portanto no marketing de conversação é diferente.

Atrair o cliente através de relacionamento deve ser o primeiro passo.

Além disso, abranger as atividades pertinentes do marketing através de geração de demanda e exploração do mercado devem ser focadas no contexto de uma conversa.

É importante aplicar essa estratégia de alto potencial da tecnologia para interação com o usuário.

Conclusão

Sem dúvidas o marketing conversacional utiliza as inovações da tecnologia para alcançar resultados nos negócios.

Isso facilita a diminuição do processo de compra e também mostra o comportamento do consumidor.

As pessoas gostam de conversar, falar das suas conquistas no trabalho ou até mesmo do novo emprego na cidade.

Portanto muito cuidado com o mercantilismo, evite se relacionar somente com a propensão comercial.

Tenha o espírito de um bom negociante, pois a cada dia o relacionamento com cliente e o atendimento com eficiência deve ser explorado com sabedoria e ética.

Escrito por Siderley Porcel em Click Perola

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.