Startup que detém plataforma de prospecção digital chega ao break-even

Ramper chega ao novo status após focar na entrega de satisfação aos clientes e colaboradores; Com faturamento acima de R$ 5 milhões no ano passado, empresa planeja dobrar de tamanho novamente em 2020

A Ramper, plataforma líder de prospecção digital de vendas do Brasil, com três anos de atuação no mercado e mais de 1.000 clientes ativos, comemora as marcas atingidas em 2019. A empresa atingiu o break-even e, mesmo sem alavancagem financeira, dobrou seu faturamento anual para mais de R$ 5 milhões. O crescimento ocorreu a partir de ganhos de eficiência que possibilitaram atingir o resultado com a mesma estrutura física e tamanho de equipe do ano anterior. Neste ano, a startup ambiciona dobrar de tamanho.

“Priorizamos a entrega de satisfação ao cliente. Nesse caso, o objetivo foi melhorar o nosso NPS – Net Promoter Score – que estava aquém do potencial do produto. Apostamos nessa questão para aumentar a retenção e nos diferenciar do mercado”, revela. 

Outra medida foi a evolução do relacionamento com os colaboradores, fator que possibilitou diminuir o leilão salarial que as startups aportadas promoviam com seus talentos. Para isso, Ricardo e o seu sócio e CTO, Henrique Machado, passaram a se comprometer com o desenvolvimento da equipe por meio de encontros semanais (one-on-one), além de alocá-los nas posições mais adequadas após as conversas iniciais. “Nesse processo, também consideramos melhor liberar pessoas não alinhadas à cultura da empresa, substituindo por outras com maior fit”, afirma.

Já do ponto de vista de eficiência financeira, a Ramper conseguiu encontrar alavancas para reduzir o custo de aquisição de cliente (marketing e vendas) e aumentar o valor obtido com cada cliente (lifetime-value) por meio do aumento do satisfação e lealdade da base de clientes. “Todos esses itens juntos propiciaram o incremento do faturamento e são pilares importantes para sustentar a próxima etapa de crescimento da empresa”, explica Corrêa.

O que é a Ramper e como surgiu?

Com a proposta inicial de acelerar o crescimento de empresas B2B, a Ramper identifica e capta o contato de tomadores de decisão por meio de sites, redes sociais e base de dados conectadas. Com os contatos organizados, os vendedores podem automatizar a abordagem a partir da sua própria caixa de e-mail, o que possibilita escalar a prospecção sem perder a proximidade da relação e a conversa personalizada. Com isso, a plataforma alimenta o funil de vendas de forma eficaz e automática, e permite ao vendedor ter mais tempo para se concentrar no contato direto com potenciais clientes que já demonstraram algum interesse e têm mais chances de efetivar negócios. As oportunidades geradas pela plataforma são integradas às principais ferramentas de e-mail, CRM e marketing digital do mercado. Pelo fato de todo o processo acontecer de forma digital, tudo o que é feito na Ramper gera estatísticas e análises minuciosas para o time decidir onde investir o esforço.

“Resolvemos um problema recorrente nas empresas ao trazer melhores leads e maior produtividade dos times de vendas. Além disso, o Ramper economiza cerca de 60% do tempo dos vendedores com atividades de baixo valor, como a busca por contatos, ligações frias e envio de e-mails de apresentação”, informa o CEO da empresa.

O produto é fruto de experiências passadas dos empreendedores Ricardo Corrêa e Henrique Machado, que tocaram uma consultoria de marketing durante cinco anos e puderam conhecer a fundo as necessidades de centenas de empresas B2B. Ao notar a diminuição dos negócios, eles quebraram uma regra do próprio segmento: ir à caça de novos clientes de forma ativa e manual. A busca se mostrou efetiva, mas o processo exigia um empenho homem/hora enorme. Para solucionar a questão, eles decidiram criar uma plataforma para automatizar o processo de prospecção, dando origem ao Ramper que, pouco tempo depois, virou o negócio principal da dupla. Ao final do primeiro ano de operações, em 2017, o produto já era usado por mais de 250 empresas de diversos segmentos e tamanhos. A aceitação continuou acelerada e a empresa conseguiu quadruplicar o número de clientes.

Empresa promove evento para fazer a (r)evolução digital em vendas

Com objetivo de educar o mercado sobre as últimas tendências e as novas técnicas no setor de vendas, a Ramper esteve em 15 cidades brasileiras ao longo de 2019. Por meio do evento itinerante Ramp Up Tour, a startup deu a oportunidade para que os times comerciais de todo tipo de empresa estivessem em contato com os maiores experts do segmento, propiciando conhecimento direto da fonte, troca de experiências e networking. No total, mais de 3.000 profissionais estiveram presentes nos eventos. A última edição aconteceu no mês de dezembro, no espaço ARCA, em São Paulo (SP), e contou com a participação de mais de 1.000 pessoas.

“O Ramp Up Tour foi criado com o intuito de reunir principalmente executivos de vendas, gestores de equipes comerciais e empreendedores. Basicamente, o objetivo é ajudá-los a construir e acelerar seus processos de vendas por meio de bases modernas, possibilitando a criação de metas factíveis e que possam ser cumpridas mês a mês. Em 2020, pretendemos levar todo esse conhecimento em 20 cidades brasileiras”, conclui Corrêa.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.