Definitivamente isto não é Marketing

Por Valmir Mondejar*
Marketing Estratégico, Produto, de Guerrilha, Endomarketing, Operacional, Geomarketing, Marketing disso, Marketing daquilo e outros tantos que parece não ter fim.
pare-proibido
Mas afinal tudo é marketing como se diz por aí, ou pode ser revestido por aura de Marketing?
Definitivamente não. Além do anti-marketing existe o não-marketing, ou seja, a negação explícita do conhecimento desenvolvido pelos teóricos da administração.
Existem basicamente três ideias a serem refutadas de pronto e que muitos procuram insistentemente transformá-las em verdade por força da repetição:
1) A primeira ideia é que marketing é fazer de tudo para que as pessoas comprem:

  • um cliente entra em uma loja onde os vendedores buscam obriga-lo a comprar um produto. Qual será a reação deste cliente? Será que ele vai querer possuir um produto que ele foi obrigado a comprar? Será que ele vai querer voltar a esta loja? O marketing, ao contrário, dá as chaves para identificar, aprofundar e melhor conhecer as necessidades do cliente. Ele também fornece referências para otimizar a oferta aos potenciais clientes. Pode ainda antecipar uma mudança na demanda de produtos e, assim, criar novos produtos para novas aplicações;

2) A segunda ideia é que o marketing mais eficiente é aquele onde voce conseguiu manipular com habilidade e convencer o outro sem que ele tenha percebido:

  • um marketing eficaz consiste em incentivar um cliente a comprar um novo produto, sobretudo a compra-lo novamente, de forma sustentável e faze-lo tornar-se embaixador da marca junto a seu networking. A manipulação pode ser convincente para a primeira compra, mas irá falhar no médio prazo. O cliente é em essência um ser inteligente;

3) A terceira ideia:

  • os melhores profissionais de marketing são aqueles que são capazes de vender qualquer produto, independentemente das circunstâncias. Esta era a caracterização do “mocinho” nos filmes sobre a conquista do oeste norte-americano. Montado em um cavalo, com uma arma e 6 balas exterminavam tribos inteiras e levavam a mocinha de brinde. Primeiro, o marketing não se limita à venda. Em segundo lugar, se o marketing permite criar argumentos para a venda, um profissional de marketing excepcional domina, acima de tudo, a arte de adaptar a oferta que a empresa oferece ao seu meio ambiente.

Devemos nos manter vigilantes: muito além das várias pressões por resultado que chegam a todo instante, um dos principais fundamentos é que o marketing é a arte e a ciência de avaliar com a devida maturidade uma análise e ações em ambientes em constante movimento. Portanto com base em uma abordagem rigorosa e estruturada.
valmir-mondejar
 * Gerente Geral na ERC Ltda – Mentoring & Management. Vasta experiência na elaboração e apresentação de palestras e seminários. Contato: valmirmondejar@ercltda.com.br
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.