A Importância da comunicação nas vendas

comunicacao-vendasFalar bem pressupõe comunicar-se bem. Realizar uma venda nada mais é do que um profissional de vendas apresentar-se, falar sobre o seu produto, as vantagens e benefícios que o comprador ou a empresa terá em possuí-lo, fazer um bom fechamento, acompanhar o trâmite de entrega, documentos, tirando dúvidas, mantendo um relacionamento com o comprador, perpetuando uma interação comercial .
Uma venda nada mais é do que um processo de comunicação intenso, no qual as pessoas possuem interesses particulares, um de vender, outro de comprar.
Ao observarmos um bom vendedor, reconhecemos um bom comunicador. Ser um bom comunicador significa interagir de várias formas, por exemplo:
a) Comunicar-se bem consigo mesmo.
Significa ter autoestima, gostar de si mesmo, acreditar no seu próprio potencial, na sua imensa capacidade de realizar aquilo que deseja, saber valorizar-se e reconhecer-se como uma pessoa capaz, dotada de inteligência, perspicácia, sensibilidade, capacidade de lidar com situações e clientes difíceis; perceber-se um guerreiro, um vencedor, alguém que se olha em um espelho e do outro lado vê uma pessoa extraordinária, capaz e com motivação suficiente para realizar tudo aquilo que deseja. Em sã consciência, como é que uma outra pessoa irá valorizar e reconhecer alguém que não se dá o devido de valor?
b) Comunicar-se bem com os outros.
Saber ouvir é uma das principais dificuldades no processo da comunicação e nada mais é do que valorizar o outro, estudar suas características, cultivar o hábito da empatia, que é colocar-se no lugar do ouvinte, entender suas limitações, suas crenças, seus valores, aquilo que preza ou detesta, respeitar profundamente seus direitos de ser diferente e ter seus próprios pensamentos. Um bom vendedor sabe compreender, ter paciência, discernimento, respeito e amor ao próximo e, a partir disso, criar um clima favorável para a venda acontecer.
c) Saber usar a voz.
Muito do que transmitimos, não está no conteúdo da mensagem,
mas em como expressamos os sentimentos através da nossa voz. Por isso, todo cuidado é pouco, da mesma forma que percebemos a carga emocional de um interlocutor, o nosso cliente também percebe como estamos. Além disso, precisamos falar com clareza, pronunciar todos os sons das sílabas das palavras, variar o volume e a tonalidade, expressar de maneira clara e agradável os nossos argumentos.
Você já percebeu o quanto é difícil prestar atenção em uma pessoa que fala de modo linear? Ou pessoas que falam depressa ou devagar demais? Ou ainda que tem problemas de dicção? Grave sua voz e analise sua própria fala, verifique se dá as devidas entoações às palavras, tem musicalidade, é
agradável, faz pausas, e se compraria o produto que você está vendendo.
d) Usar a expressão corporal a seu favor.
A primeira impressão que causamos às pessoas com as quais convivemos, flui através da aparência. Porventura você se cuida o suficiente nesse sentido? Seus cabelos estão bem cortados, seus sapatos engraxados, sua roupa limpa e combinando? Ao falar, acompanha a sua fala com gestos adequados ao conteúdo e ao contexto? Olha nos olhos do seu interlocutor? Movimenta seu corpo de forma equilibrada e sem afetações?
Tenho observado que muitas pessoas enfiam as mãos nos bolsos, outras cruzam os braços e também há os que fazem alguns movimentos repetitivos sem sentido.
e) Conhecer e utilizar técnicas específicas de comunicação.
As técnicas são como qualquer atividade física ou mecânica: Aprende-se como fazer e depois se pratica para adquirir habilidade. Assim são as técnicas de comunicação verbal. Quer seja em recursos gramaticais, ampliação do vocabulário, como fazer uma abordagem, o que falar, o que não falar,como desenvolver uma argumentação, uso de exemplos e metáforas para explicar melhor um assunto, além, de desenvolver tecnicamente recursos para administrar a tensão inicial, vencer o medo e a timidez, conseguindo ter mais confiança, naturalidade, assertividade e elegância.
Todas as técnicas de comunicação conspiram para que uma boa negociação e uma boa venda se concretizem. É como as partes de um carro funcionando, no qual, cada técnica é como uma parte desse carro. De nada adianta ter um bom motor se não tem combustível; ou um bom sistema de freios se não há pneus; ou ter o carro todo em ordem se falta alguém para dirigi-lo.
Cada recurso técnico é fundamental em determinado momento. Há momentos em que precisamos ser mais firmes, mais assertivos, mais maliciosos. Outros em que precisamos ter mais paciência, discernimento e tolerância. Outros ainda em que precisamos calar e apenas ouvir e observar.
De uma maneira geral, as melhores técnicas são aquelas pautadas em valores éticos, nas quais figuram a honestidade, a honra, o brio, o valor da palavra dada, o compromisso com as promessas feitas, a integridade, a parceria.
Uma das mais notáveis preocupações em nossos alunos é como falar com naturalidade e desenvoltura. Nossa orientação é para que perceba a importância da comunicação corporal no contexto da comunicação, desde gestos, expressão facial, postura elegante, uso da voz com boa pronúncia, que expresse musicalidade e teatralização, que fale com entusiasmo e alegria, e que mostre o seu prazer de fazer o que faz.
Fonte: Reinaldo Passadori

1 Comentário

  1. Aryel Sampaio 13 de dezembro de 2013 Deixe uma resposta para:

    Sabemos a importancia da comunicação, e nesse texto você ilustrou bem! Parabens! Gostaria de deixar um extra aqui p site da thatto. https://www.thatto.com.br/blog. Acredito que servirá de boa referência o nosso site!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.